Posted in My Blog

Edgar Cabral (Nivea Soares) – Entrevista

Edgar Cabral Nivea Soares

1º) Como e quando surgiu o seu interesse pela música, e especificamente pela guitarra?
Meu interesse pela musica surgiu aos meu 8 anos de idade, Quando acompanhava meu pai em casa com o violão rsrs ele era um ótimo musico tocava acordeom, violão e me ensinou muito sobre musicalidade e ritmo, meu interesse pela guitarra surgiu aos 9 oito anos quando comecei a freqüentar a igreja havia músicos muito bons la, e despertaram meu interesse pelo instrumento.

2º) Quais foram as suas maiores influências musicais?
Steve Vai, Satriani, Eric Jonhson, Llincoln Brewster e outros.

3º) Conte nos como foi a sua formação musical, você toca outros instrumentos além da guitarra?
Sim entre eles teclado baixo violão, a influencia desses instrumentos me ajudaram muito na concepção de criação e também a entender a função de cada instrumento dentro da musica, minha formação musical foi muita eclética graças à oportunidade de tocar e conviver com grandes músicos e produtores musicais, a oportunidade de estar com grandes músicos arranjadores nos dão a opção de escolher novos caminhos dentro da musica.

A guitarra é uns dos istromentos que o Edgar Cabral Nivea Soares

4º) Como é tocar com a Nívea Soares, e qual o processo de composição dos arranjos de guitarra?
Bem tocar com a nívea e viver a cada dia refletindo quem sou de verdade porque ela e uma pessoa que realmente vive o que prega canta entende… Ela não quer saber se você toca bem, mas sim se você tem vida com deus e esta disposto a pagar um preço de vida por ele, enfim tocar com a nívea e o Gustavo e um presente de deus pra minha vida e a vida da minha família, agora o processo de composição das canções e simples o Gustavo me passa a canção com uma seqüência simples de baixo batera e piano ou quando a musica e mais voltada pra guitarra passa só voz guia com o clik, Eu faço os arranjos em casa gravo em meu home studio e levo pro Gustavo aprovar a harmonia riffs etc… Daí acertamos alguns arranjos no ensaio.

5º) Quais as guitarras e equipamentos que você utiliza com mais freqüência em gravações de estúdio e quais equipamentos utiliza com mais freqüência ao vivo?
Bem basicamente o mesmo equipamento que uso em estúdio e o que eu uso ao vivo sou patrocinado pelas guitarras artwood de Curitiba fabricadas pelo luthier Osny Zambuzzi entre elas uma strato, uma edsix feita exclusivamente para mim e uma modelo parker com micro afinação, os efeitos ficam por conta de um wawa cry baby ligado em serie a um tu 2 afinador, compressor c3 boss, ds1 boss, tubescrymer ts9, delay dl4 line6, pedal de volume boss indo direto para um vox ac 30 c1 valvulado e uma flexitone 2 line6 simulando um ac 15 com 4×12

6º) Você é endoser de alguma marca?
Sim das guitarras artwood

7º) Em sua opinião, como um músico deve encarar uma gravação, em relação à complexidade das composições em termos de harmonias, velocidade e outros elementos?
Com simplicidade e maturidade, quando encaramos uma gravação complexa principalmente se tratando de harmonia sempre o bom gosto supera a técnica e a velocidade pois o desafio e você conseguir elaborar arranjos que satisfaçam do produtor do disco ao velhinho de 100 anos que vai escutar o disco depois de pronto rsrs, a técnica nos ajuda a encontrar caminhos que fazem de uma harmonia complexa um tema simples, mas o excesso de técnica pode transformar esta mesma canção em algo difícil de se escutar por mais de 1 minuto, hoje muitos guitarristas tocam primeiro e pensam depois, a técnica não e limitada a velocidade mas sim ao conhecimento de escalas acordes e frases que facilitam execução de complexas harmonias ou melodias, mas não podemos deixar a técnica dominar nossas mentes e sim temos que dominar a técnica e aplica-la com inteligência.

8º) Como você vê o cenário musical no meio gospel hoje?
Defasado muita gente fazendo coisas se preocupando em ganhar dinheiro não por amor a deus ou a musica como antigamente, nossas igrejas estão cheias de Ana Paulas, Níveas, David Quilans, etc acho que esta faltando ousadia e originalidade da parte dos ministérios e bandas que escutamos hoje, no Brasil claro não são todas mas infelizmente a grande maioria das bandas e ministérios tem medo de lançar algo no mercado que não se pareça um pouco com United ou Hilsong entende… Esta e a minha opinião.

9º) Você pretende gravar um projeto paralelo, com musicas instrumentais?
Sim tenho muitos temas instrumentais, e pretendo lançar inicialmente dois álbuns instrumentais com propósitos diferentes, um mais espontâneo com temas que gravei enquanto orava na madrugada em minha casa e se tornaram boas lembranças em minha vida e outro mais técnico voltado para músicos que curtem rock instrumental de qualidade com temas não só técnicos mas feitos com muita maturidade e inteligência na hora de compor.

10º) Que musico(s) você admira e indica aos internautas do Guitar Gospel?
Olha tenho escutado recente mente um guitarrista e produtor muito bom chamado Lincoln Brewster além de um ótimo musico ele consegue unir técnica e bom gosto com muita naturalidade além de gostar muito de Eric Johnson, Steve Vai, Joe Satriani, pra mim estes caras tem uma visão futurístico em relação ao uso da técnica na guitarra.

11º) O que você considera que foi imprescindível da tua parte e da parte de outros (família, pastores, amigos, etc…) para o teu desenvolvimento musical e ministerial?
Minha família falo especificamente da minha esposa minha mãe que me apóiam muito em tudo que eu faço e não e qualquer mulher que suportaria um marido que viaja quase todo fim de semana rsrs amo minha esposa minhas filhas meus irmãos e agradeço a deus todos os dias pela compreensão deles.

12º) Quais os seus conselhos para os guitarristas e músicos em geral que almejam ter seus ministérios crescendo tanto em técnica quanto na graça de Deus?
Olhem pra deus e acreditem… Tudo passa menos a gloria de deus que se renova a cada dia, ame a deus acima de todas as coisas, seja humano ame seu próximo, defenda o evangelho não seus interesses pessoais e não Pense que você e melhor do que os outros por causa da sua posição Social ou ministerial seja você musico, medico ou pedreiro somos todos iguais perante a justiça de Deus… A Bíblia em Miquéias capitulo 7.

Edgar Cabral Nivea Soares

13º) Diga-nos o que acha desse trabalho que o GUITAR GOSPEL está desempenhando ao levar instrução aos músicos cristãos.
E uma oportunidade única de levar conhecimento e divulgar o trabalho de pessoas que estão comprometidas com a musica crista parabéns pelo trabalho de vocês guitar gospel alem de serem pessoas comprometidas com Deus são ótimos profissionais alem de excelentes músicos como o guitarrista e diretor do site Célio Silva, é musico atendendo musico rsrs acho isto importante se tratando da qualidade das matérias exibidas no site.

Ler somente isso